Prefeitura de Salvador multa bancos por causa de filas, já em Santo Antônio…

Uma multa de R$ 5 mil ? o que 65 ag?ncias banc?rias de Salvador ter?o de pagar, individualmente, por n?o cumprirem o tempo m?ximo de 15 minutos de espera para o atendimento, seja em filas regulares ou nos caixas priorit?rios, como prev? a Lei Municipal n? 5.978/01. No total, foram vistoriadas 78 ag?ncias desde o in?cio da semana passada. Trata-se de uma opera??o da Secretaria Municipal de Servi?os P?blicos e Preven??o ? Viol?ncia (Sesp), que teve in?cio ap?s a 10? Vara Justi?a Federal ter derrubado, no ?ltimo dia 26, a liminar concedida ? Associa??o dos Bancos do Estado da Bahia suspendendo a lei dos 15 minutos. Na a??o, outras 13 ag?ncias foram notificadas por n?o possuir m?quina de senha ou por raz?o de os hor?rios impressos n?o estarem condizentes com o tempo real. Para esses bancos, est? sendo dado um prazo de 10 dias para a adequa??o do equipamento. Caso n?o se cumpra, a aus?ncia do aparelho pode custar uma multa de R$ 30 mil. De acordo com o secret?rio F?bio Mota, a previs?o ? que at? o final do m?s, as mais de 400 ag?ncias locais (o n?mero final n?o est? definido, pois n?o foi fornecido pela Federa??o dos Bancos) sejam vistoriadas. S? depois os fiscais da Sesp ir?o voltar aos bancos autuados, a fim de comprovar se houve adequa??o ? lei.

Nossa Opini?o:

O curioso ? que em Santo Ant?nio n?o se quer fiscaliza??o. Dr. Julimar j? deixou bem claro que a responsabilidade de fiscalizar os bancos ? da prefeitura. Seria muito bom que a prefeitura usasse a metade do rigor que utilizou para feirantes, moto boys e proprietarios de carro de som contra os senhores banqueiros.