Você já se imaginou sem voz?

A voz ? utilizada como express?o art?stica por cantores e atores, e como instrumento de trabalho por 70 % dos trabalhadores ( vendedores, recepcionistas, radialistas, pastores, professores, profissionais de telemarketing, entre outros).Quando um profissional desses,? perde a voz, gera um preju?zo para si e para o pa?s. Nos EUA: 28 milh?es de trabalhadores tem problemas vocais, levando a um custo anual com tratamento e aus?ncia no trabalho de aproximadamente 2,5 bilh?es de d?lares. No Brasil: apenas entre os professores, estima-se que 2% estejam afastados por rouquid?o, gerando uma perda anual de R$100 milh?es.

As cordas vocais s?o muito vers?teis e eficazes, mas tem seus limites. No futebol, quando o atleta for?a muito sua musculatura, acaba apresentando les?es. Com as cordas vocais acontece a mesma coisa…Quando ultrapassamos seus limites, ocorrem les?es, que muitas vezes levam a rouquid?o e afastam o indiv?duo de suas atividades habituais.

A voz tem alguns inimigos como: o cigarro, o ?lcool, irritantes qu?micos, infec??es, al?m do seu uso abusivo (gritar, pigarrear, cochichar, tossir). Quando as cordas vocais est?o doentes, pode surgir rouquid?o, cansa?o ao falar, falhas ou perda de voz, dor ou ard?ncia na garganta, pigarro ou dificuldade para engolir.

Quando aparecem esses sintomas as cordas vocais podem apresentar hemorragias, n?dulos, p?lipos e at? o c?ncer de laringe. O Brasil ? um dos pa?ses do mundo com maior incid?ncia do c?ncer de laringe, que est? relacionado ao tabagismo e ao etilismo; e a rouquid?o pode ser o primeiro sintoma. O c?ncer de laringe pode ter grandes possibilidades de CURA desde que diagnosticado no in?cio do quadro.

QUANDO DEVO CONSULTAR UM M?DICO?

?Rouquid?o persistente por mais de 2 semanas

?Rouquid?o associada a outros sintomas (dificuldade para respirar ou engolir)

?Perda s?bita da voz, sem um quadro gripal associado

?Se voc? fuma, estes conselhos s?o ainda mais importantes? O m?dico especializado em tratar de problemas da garganta e consequentemente da voz ? o otorrinolaringologista. A grande maioria das doen?as da voz tem tratamento com medicamentos, fonoterapia ou cirurgia. E quanto mais cedo o diagn?stico ? feito, maiores as chances de se preservar uma boa voz, principalmente em casos de c?ncer.

Mesmo quando n?o se tem nenhum problema com a voz devem-se tomar alguns cuidados para preserv?-la. Evitar os mitos e crendices que dizem que ? bom tomar conhaque, usar pastilhas, pigarrear e cochichar, por exemplo, j? ? um bom come?o. N?o fumar, n?o consumir bebidas alco?licas em excesso, n?o falar em demasia em ambientes: de fumantes, com muita poeira, mofo e cheiros fortes ou barulhentos ou abertos. N?o for?ar a voz: quando gripado, ?em per?odo pr?-menstrual, ap?s ingerir grandes quantidades de aspirinas,calmantes ou diur?ticos.Evitar alimentos derivados do leite e ?achocolatados ou que causem azia e m?-digest?o, ou seja, muito apimentados,gordurosos, al?m dos que possuem cafe?na(caf?, refrigerantes, ch? verde, preto e mate, chocolate)? , antes do uso intenso da voz.

Procurar articular bem as palavras, falar pausadamente, ?tomando? ar entre as falas e descansar a voz (fazer momentos de repouso vocal) tamb?m s?o dicas importantes.

O que se deve fazer, al?m do que j? foi dito?

?Ingerir muito l?quido em temperatura ambiente (1,5~2 litros/dia)

?Cuidar da sa?de geral: sono, alimenta??o e ter atividades anti-stress.

O dia nacional da voz ser? 16 de abril! Cuide dela!!

?Dra. Adriana Andrade – Otorrinolaringologista

Campanha da Voz 2010

(http://www.ablv.com.br/material_2010.asp)