Festa com Dilma e verba pública

O presidente Luiz In?cio Lula da Silva, acompanhado de sua pr?-candidata ? Presid?ncia, Dilma Rousseff, participa neste s?bado, pela primeira vez em oito anos de governo, das tr?s festas do 1? de Maio das centrais sindicais em S?o Paulo. Os eventos ser?o patrocinados com R$ 1,72 milh?o de verba p?blica. Com os advers?rios distantes neste feriado, os atos planejados por CUT, For?a Sindical, CGTB, CTB, UGT e Nova For?a t?m tudo para virar showm?cios – as entidades planejam declarar apoio conjunto in?dito a Dilma na assembl?ia geral de junho. Dilma e Lula terminam o dia na celebra??o do Sindicato dos Metal?rgicos do ABC, da qual Lula tradicionalmente participa e que n?o tem patroc?nio externo. Ontem, no semin?rio de abertura do “1? de Maio Latino-Americano”, da CUT, o ex-ministro da Casa Civil e deputado cassado Jos? Dirceu (PT) usou o palanque para promover a campanha petista e difamar o pr?-candidato Jos? Serra (PSDB), numa pr?via do tom do evento. Segundo os organizadores, o or?amento ? R$ 1,3 milh?o. Desse total, R$ 950 mil (73%) s?o bancados por patroc?nios de Petrobras, Banco do Brasil, Caixa Econ?mica (R$ 300 mil), BNDES, Eletrobr?s e Infraero. O ?nico patrocinador privado ? a Braskem (grupo Odebrecht).

Fonte: O Globo