Frota deixa Cultura para assumir coordenação de comissão especial da Previdência

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) deixou a Comissão de Cultura da Câmara para assumir a coordenação da Previdência. “Fui designado para ser coordenador da comissão especial da reforma da Previdência e serão três sessões semanais”, justificou o parlamentar à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.Segundo a publicação, o deputado e ator, que tem sido porta-voz de artistas que temem medidas do governo Jair Bolsonaro (PSL) no setor cultural, afirmou que não teria tempo para atuar nas duas funções, “ainda mais como coordenador”. Frota informou ainda que seu partido, o mesmo do presidente, irá definir quem irá substituí-lo. “Assim que puder, eu volto”, disse.

*BN