Goleiro Bruno é liberado pela Justiça e estreia no Poços no próximo sábado. Qual sua opinião?

                                    Divulgação/ Poços de Caldas FC

 

No próximo sábado, 5, o clube mineiro Poços de Caldas terá a estreia do goleiro Bruno, contratado no final de agosto, um mês após deixar a prisão. Pela primeira vez, Bruno irá defender o Poços dentro de campo. A partida será às 15h, no estádio do clube Benedito Bandola de Oliveira, em amistoso contra o Independente Juruaia.

Para jogar, o arqueiro precisava de uma liberação judicial para sair da cidade onde mora, Varginha, até a sede do clube, em Poços de Caldas, região sul do estado de Minas Gerais.

Na decisão da última terça-feira, 1, o juiz responsável pelo caso, Tarcíso Moreira de Souza, permitiu a ida do goleiro até Poços de Caldas, mas exigiu que o jogador retorne à cidade onde mora até às 21h do mesmo dia “de forma excepcional”.

Condenado por 20 anos e nove meses pelo assassinato de Eliza Samudio, agora, o jogador cumpre prisão em regime semiaberto (depois de quase nove anos de reclusão), na cidade de  Varginha, que fica a mais de 150 Km de Poços de Caldas, local onde seu novo clube treina e manda seus jogos.

Por conta disso, toda saída de Bruno de Varginha deve ser notificada e autorizada pela Justiça mineira.

Para ser beneficiado pelo regime semiaberto, Bruno terá que comprovar que está trabalhando, não sair às ruas de madrugada e apenas sair da cidade de Varginha, onde mora com a família, sob autorização judicial.

*SportBuzz