Ex-assessor de deputado federal da Bahia é preso após chantagem com acusação de abuso sexual

Suspeito foi flagrado em Lauro de Freitas ao tentar receber parte do dinheiro

Ex-assessor de deputado federal da Bahia é preso após chantagem com acusação de abuso sexual

Um ex-assessor do deputado federal baiano Abílio Santana (PSC-BA), identificado como Dejardes Cézar da Silva Filho, foi preso em flagrante pelas Polícias Civil e Militar, na tarde de quarta-feira (20), acusado de extorsão mediante chantagem, crimes digitais e associação criminosa contra o parlamentar.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (21), o ex-assessor teria pedido R$ 180 mil para não divulgar um vídeo no qual o deputado seria acusado de abuso sexual.
A prisão aconteceu no estacionamento de um supermercado, em um trecho na BA-099, mais conhecida como Estrada do Coco, na cidade de Lauro de Freitas, onde o suspeito havia marcado um encontro com o deputado para receber parte do dinheiro cobrado na chantagem.

No local, os policiais flagraram o homem após ele receber a quantia de R$32 mil, em espécie. Depois de preso, ele foi encaminhado para a 26ª Delegacia Territorial de Abrantes, onde o caso está sendo investigado. Na unidade, o ex-assessor parlamentar foi autuado pelos crimes.

Ainda conforme informações da polícia, o suspeito contava ainda com a ajuda de uma também ex-assessora parlamentar do deputado, identificada como Damares Silva.

A titular da 26ª DT/Abrantes, delegada Elaine Laranjeiras, explicou que as apurações foram iniciadas depois que o deputado registrou ocorrência na unidade.

“Ele relatou que o ex-assessor e outra ex-funcionária de seu gabinete, estariam ameaçando divulgar vídeos acusando-o de abuso sexual. A mulher teria chegado a postar uma foto, com informações caluniosas”, detalhou a delegada.
“O inquérito segue com o objetivo de identificar a participação de outras pessoas”, acrescentou a delegada, que deve indiciar a mulher envolvida no esquema de extorsão.

Nas redes sociais, o deputado postou um vídeo que mostra o momento da prisão do ex-assessor e comentou o caso.