Suspeito de matar indígenas no sul da Bahia se apresenta à polícia

Foto: Reprodução/Redes sociais

Na manhã desta segunda-feira (30), o suspeito de matar os indígenas Nawir Brito de Jesus, 16 anos, e Samuel Cristiano do Amor Divino, de 21, se apresentou à polícia, em Teixeira de Freitas. O homem é soldado da Polícia Militar e prestava serviço de segurança privada na região.

No dia 17 de janeiro, por volta das 17h, Nawir e Samuel foram atingidos por tiros enquanto se locomoviam do Povoado de Montinho para uma das fazendas ocupadas por uma retomada dos Povos Pataxós.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o militar, que estava com a prisão decretada, se apresentou à polícia acompanhado de dois advogados. Ele estava sendo procurado por equipes da Força Integrada (FI) de Combate a Crimes Comuns envolvendo Povos e Comunidades Tradicionais.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia