Homem matou ex-namorada grávida por não querer filho negro, diz polícia

Karine Sevalho Lima e Victor de Souza Rocha. Crédito: Reprodução

Um homem de 21 anos foi preso na terça-feira (21) em Manaus, suspeito de matar a ex-namorada grávida por preconceito racial. Victor de Souza Rocha é acusado de matar Karine Sevalho Lima, de 19 anos, em maio de 2022.

De acordo com a investigação, Victor e Karine namoravam, mas o relacionamento terminou quando ela descobriu a gravidez. Victor então teria pressionado Karine para que ela fizesse um aborto, mas ela recusou.

No dia do crime, Karine foi encontrar Victor para dizer que a família já sabia que ele era o pai do bebê e que ela não faria aborto. Victor, então, teria assassinado a jovem com uma arma branca.

O corpo de Karine foi encontrado em um matagal da cidade com perfurações por todo o corpo, o rosto desfigurado e outros sinais de tortura.

Victor foi preso na casa de familiares e não quis falar com a polícia. Ele está sendo acusado de homicídio qualificado por motivo torpe, feminicídio e aborto provocado pela gestante ou com o seu consentimento.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia