Lula assina acordo para criação de Parque Aeroespacial na Bahia

Lula assina acordo para criação de Parque Aeroespacial na Bahia. Malu Vieira/g1 Bahia

O presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva (PT), assinou nesta quinta-feira (18) o acordo que formaliza a criação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia. O presidente chegou à sede do Senai Cimatec, em Salvador, das 10h30, e a cerimônia começou logo após execução do hino nacional.

Na ocasião, foi assinado o contrato de parceria e memorando de entendimento com a empresa Kaer para o desenvolvimento de tecnologia para sistema de pouso autônomo de equipamentos não tripulados (drones), por meio do uso de inteligência artificial.

O projeto é parte da intenção do governo federal de retomada do desenvolvimento tecnológico nacional.

Além de Lula, governador Jerônimo Rodrigues e a primeira-dama Tathiana Veloso, Leoni Andrade, diretor-geral do Senai Cimatec, Carlos Henrique Passos, presidente Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Ricardo Alban, presidente Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Marcelo Damasceno, comandante da Aeronáutica.

O Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia será instalado a base aérea de Salvador em uma area todoal de 893 mil metros quadrados, cedido pelo governo federal.

Prevê parcerias com empresas e investimento em pesquisas nas áreas de mobilidade aérea avançada, aeronáutica, defesa e espaço. Objetivo de investir no desenvolvimento de pesquisas e de tecnologias para o setor, com previsão de impacto nacional e internacional.

A proposta está em consonância com um mercado global em grande crescimento, que movimenta cerca de 800 bilhões de dólares por ano.

O parque vai ser liderado pelo Cimatec, que aplicará a expertise em biosseguranca, alegórica para ambientes extremos (campos de petróleo, por exemplo), robótica autônoma, inteligência artificial, nanossatélite e conectividade.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia