ACM Neto defende revogar portaria da ‘aprovação em massa’: “é uma vergonha para o nosso estado”

Foto: Se ligue Bahia

O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), defendeu, nesta segunda-feira (26), a revogação da portaria “aprovação em massa”, e disse que, com a medida, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) quer apenas melhorar os índices do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) de “maneira artificial”.

“Não tenho dúvida (que deve ser revogada). É uma vergonha para o nosso estado. Ouvi manifestações de pessoas de fora da Bahia dizendo que não acreditavam que nós pudéssemos ter um governador tão descomprometido com a educação, que virasse as costas para os professores, sendo professor”, afirmou Neto.

O ex-prefeito criticou ainda a tentativa do governo Jerônimo de maquiar os dados da Educação.

“Lamento profundamente que o governador tenha uma visão ultrapassada, que só prejudica as pessoas mais pobres . Nós sabemos que já tem uma diferença muito grande entre a qualidade do ensino na rede particular e na rede pública. A aprovação em massa, como defendeu o governador, só aumenta ainda mais essa essa diferença. O governador quando defende a aprovação em massa, ele não está preocupado com os alunos ou com suas famílias, ele está preocupado em apresentar de maneira artificial uma avanço no IDEB”, disse Neto.

“A gente sabe que uma das coisas mais importantes que contribui para a nota do IDEB, é a aprovação. Mas não pode ser às custas do não aprendizado que a gente vai ter uma melhoria no IDEB da Bahia”, completou.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia