Estátua de Daniel Alves é vandalizada novamente após condenação por estupro

Foto: Ronaldo Silva / TV São Francisco

A estátua que homenageia o ex-jogador Daniel Alves, em sua cidade natal Juazeiro, Bahia, foi vandalizada pela segunda vez desde sua condenação por estupro na Espanha. Na quarta-feira (28), o monumento amanheceu coberto de tinta branca.

Desde a condenação do ex-lateral da seleção brasileira, em fevereiro de 2024, a população local se divide entre aqueles que pedem a retirada da obra e os que defendem sua permanência. A gestão municipal, por sua vez, declarou que não tomará nenhuma decisão até que todos os recursos do caso sejam julgados.

A estátua, em tamanho real, retrata Daniel Alves com a camisa da seleção brasileira e uma bola nos pés. Em setembro de 2023, quando o jogador foi preso, a imagem já havia sido alvo de vandalismo, sendo coberta com um saco preto e fitas adesivas.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia