“Ainda existe um sentimento de descrédito na sociedade”, diz prefeito Marcus Vinícius sobre a ponte Salvador-Itaparica

Foto: Blog do Valente

Durante entrevista ao Blog do Valente, o prefeito Marcus Vinícius, de Vera Cruz, afirmou que o sentimento na cidade ainda é de “descrédito”, devido a demora na conclusão do projeto.

“Preciso ser sincero que ainda existe um sentimento de descrédito na Ilha de Itaparica, então eu tenho muita cautela pra tratar do tema, porque demorou muito. Há muito tempo se fala sobre, então existe esse sentimento de descrédito que gera dúvida”, disse.

Ele garantiu também, que antes da sondagem, foi aberto um projeto chamado “Capacita Vera Cruz”, com o objetivo de capacitar mão de obra para a cidade, e visando também, a construção da ponte.

“A gente abriu muitas turmas, colocou o pessoal da cidade para se capacitar, pra gente ter mão de obra para trabalhar, nosso morador participando disso. Com vagas de trabalho, emprego, geração de renda. E a gente tem adotado um diálogo com o Governo do Estado, acreditando que o projeto vai acontecer, e eu comecei dizendo sobre o descrédito da população, pra que as pessoas entendam que o prefeito não tem o direito de desacreditar, eu tenho que agir como se realmente a ponte fosse começar a qualquer momento”, disse o prefeito.

Marcus disse que o diálogo com o Governo é relacionado ao que esse empreendimento pode trazer de positivo para a cidade, e também sobre tudo que possa ser negativo.

“Nosso diálogo agora é sobre o que esse empreendimento pode trazer de positivo para Vera Cruz, e também de que o Governo do Estado informe tudo que é de negativo, o impacto ambiental, impacto social, aumentar a segurança, não dá pra falar de ponte, sem falar de aumento de saneamento básico”, afirmou.

O prefeito aproveitou a oportunidade, para falar sobre a oferta de água e esgoto na cidade, que segundo ele “é péssima ainda”.

“A oferta de esgoto e saneamento é mínima, é muito pequena. Então não dá pra falar de ponte, sem falar de fornecimento de água”, disse.

“A cidade de Vera Cruz hoje, Itaparica e cidades da região, choveu, encheu de água”, completou.

Ele pontuou que esses são temas que precisam ser discutidos ao se falar da construção da ponte, para que o projeto seja concluído com êxito.

Marcus aproveitou a oportunidade para falar sobre a saúde da região, e a ampliação do HGI (Hospital Geral de Itaparica), que segundo ele “tem 10 leitos de UTI”, e que não tem como falar de ponte sem tocar nesse assunto, pois qualquer acidente que ocorra durante as obras, fica inviável atender no Hospital da cidade.

“A gente tem uma discussão séria de identificar os problemas. Eu ofereci ajudar o Governo do Estado para instalar esses leitos”, disse.

“A ponte é importante para a logística da Bahia, porque vira uma rota de passagem, mas para o morador a gente precisa de destino. O Governo do Estado enxerga a gente com essa visão de rota de passagem, mas como prefeito, pro nosso morador, para as pessoas nativas, a gente precisa de destino e pra ser destino, a gente precisa que os órgãos estaduais de água, forneçam água, o de saneamento, ofereça saneamento, que eu não dependa dessa regulação para fazer os leitos aqui”, completou.

“A gente precisa que esses investimentos sejam feitos”, finalizou.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia