Prefeito baiano é multado por irregularidades na oferta de alimentação escolar

Foto: reprodução

O prefeito Edgar Carneiro Miranda foi multado em R$ 1 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) devido a falhas na oferta de alimentação escolar durante o ano de 2022. A decisão ainda pode ser objeto de recurso.

A auditoria realizada pelo TCM analisou as condições das instalações das cozinhas, o abastecimento de água nas escolas, o quadro de nutricionistas, a elaboração e cumprimento do cardápio, além do controle dos alimentos utilizados na alimentação escolar.

O relatório dos auditores apontou a falta de nutricionistas em quantidade suficiente para atender às demandas da alimentação escolar, infraestrutura inadequada em algumas cozinhas, armazenamento inadequado de alimentos, incluindo itens vencidos em duas unidades, e problemas de manutenção nos equipamentos de refrigeração.

Além disso, foi constatado o uso de alimentos ultraprocessados, como salsicha, e carência na oferta de frutas e legumes nos cardápios das escolas.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia