PF investiga casal acusado de comprar celulares com moeda falsa no interior da Bahia

Suspeitos revendiam aparelhos em outros estados

Foto: divulgação PF

A Polícia Federal executou dois mandados de busca domiciliar e um de prisão preventiva na última segunda-feira (10), em Juazeiro do Norte (CE), envolvendo um casal suspeito de aplicar golpes na região de Juazeiro, no norte da Bahia, e Petrolina (PE).

A operação foi batizada de “Operação Playboy”.

A investigação revelou que os suspeitos contatavam vítimas interessadas na venda de aparelhos telefônicos por meio de redes sociais. Após combinarem a entrega em locais públicos, o casal pagava com notas falsas de real.

As vítimas só percebiam o golpe depois que os suspeitos já haviam retornado a Juazeiro do Norte, onde revendiam os aparelhos.

A operação foi coordenada pela Justiça Federal de Pernambuco. O nome “Operação Playboy” foi escolhido devido ao estilo de vida ostentado pelos suspeitos e à prática criminosa frequente.

Se condenados, os envolvidos poderão enfrentar até 12 anos de reclusão e multa, conforme o artigo 289 do Código Penal, que trata do crime de moeda falsa.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia