Rio Grande do Sul registra segunda morte por leptospirose

Foto: Reprodução

O estado do Rio Grande do Sul confirmou a segunda morte por leptospirose nos últimos dias. Um homem de 33 anos, residente na região central de Venâncio Aires, morreu após contrair a doença.

O município foi um dos muitos atingidos por fortes temporais e enchentes desde o final de abril.

A prefeitura de Venâncio Aires confirmou o óbito em nota oficial. Segundo o comunicado, a família do homem relatou que ele teve contato com águas das enchentes, mas tomou precauções, como o uso de botas.

Além deste caso fatal, o município registrou outros dois casos de leptospirose, cujos pacientes já se recuperaram. A prefeitura destacou que o Centro de Atendimento de Doenças Infecciosas (Cadi) está aguardando os resultados de 23 investigações laboratoriais apenas neste mês.

A primeira morte pela doença no estado ocorreu em Travesseiro, no Vale do Taquari, uma das áreas mais afetadas pelas enchentes.

Um homem de 67 anos faleceu na última sexta-feira (17) devido à infecção, com o óbito sendo confirmado pela secretaria municipal de saúde no domingo (19).



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia