STF torna Carla Zambelli e Walter Delgatti réus por invasão a sistemas do Judiciário

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na terça-feira (21), por unanimidade, tornar réus a deputada Carla Zambelli (PL-SP) e o hacker Walter Delgatti pela invasão de sistemas do Poder Judiciário, incluindo o do Conselho Nacional de Justiça. A decisão, com 5 votos a 0, acatou a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República.

A denúncia é uma acusação formal de crimes feita pelo Ministério Público na Justiça e representa um pedido de abertura de processo penal. Nesta etapa, os cinco ministros do colegiado avaliaram que a acusação tem elementos mínimos para prosseguir e se transformar em uma ação penal, tornando Zambelli e Delgatti réus.

A defesa de Carla Zambelli, em nota, afirmou que, apesar do recebimento da denúncia, vai requerer acesso a todas as mídias para obter amplo conhecimento do material e submetê-lo à perícia privada necessária para a apresentação de sua defesa escrita. Os advogados Daniel Bialski, Bruno Borragine, André Bialski e Daniela Woisky expressaram confiança na inocência da deputada, afirmando que acreditam que isso será comprovado durante o trâmite do processo.

Agora, Zambelli e Delgatti responderão pelos supostos crimes no Supremo Tribunal Federal, e da decisão cabe recurso no próprio tribunal. O julgamento final ainda não tem data marcada.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia