Líder da facção Comando Vermelho é morto em Aracaju

Tio Chico era responsável por extorquir comerciantes

Foto: divulgação

Renê Mateus dos Santos Júnior, conhecido como “Tio Chico”, um dos líderes da facção Comando Vermelho, foi morto pela polícia durante uma operação em Aracaju, capital de Sergipe.

Procurado pela polícia da Bahia, Tio Chico tinha 31 anos e atuava principalmente no bairro de Cosme de Farias, onde era responsável por extorquir comerciantes, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A morte ocorreu no âmbito da Operação Duplo X, coordenada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco). A ação resultou também na prisão de outros nove suspeitos. Conforme a SSP, Tio Chico estava escondido no bairro de Atalaia, na Orla de Aracaju.

Ele foi localizado por equipes da Ficco da Bahia e Sergipe, juntamente com a Cipe Nordeste, Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Delegacia Regional de Tobias Barreto, Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (DIPOL/PCSE) e a Polícia Militar de Sergipe.

Durante a tentativa de prisão, houve troca de tiros. Tio Chico foi baleado e, apesar de ter sido socorrido, não resistiu aos ferimentos. Com ele, a polícia apreendeu uma pistola calibre 9 mm, um carregador e munições.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia