Réveillon no Rio teve queima de fogos multicoloridos e 2,9 milhões de pessoas em Copacabana

 

 

Réveillon no Rio teve queima de fogos multicoloridos e 2,9 milhões de pessoas em Copacabana

Foto: Reprodução/TV Globo

Branco nas roupas, espumantes nas taças, 7 ondas puladas no mar e muitos fogos no céu. Assim, 2020 começou na Praia de Copacabana, para um público recorde de 2,9 milhões de pessoas, com um show de luzes para brindar o ano que começa nesta quarta-feira (1º).

Foram 14 minutos de queima de fogos multicoloridos e com desenhos tridimensionais, disparados de 10 balsas, que encantaram cariocas e turistas do Brasil e de várias partes do mundo.

Se, no céu, o show foi dos fogos, no palco principal, foi o cantor Diogo Nogueira quem comandou a festa, que teve ritmo de samba. Desde cedo, fãs esperaram para ficar no gargarejo. Outros artistas também animaram a noite.

O Cristo Redentor ganhou projeções e música para comemorar a chegada do Ano Novo. A estátua recebeu uma iluminação especial que fez uma conexão da imagem com o céu. O espetáculo de luz pôde ser visto de várias regiões da cidade.

Cristo iluminado

Um dos mais famosos monumentos do mundo, o Cristo Redentor ganhou projeções e música para comemorar a chegada do Ano Novo. A estátua recebeu uma iluminação especial que fez uma conexão da imagem com o céu. Durante 30 minutos, foram projetadas frases positivas para o 2020, desejando um feliz ano novo a todos. O espetáculo de luz e som pôde ser visto de várias regiões da cidade.

Fonte G1