Prefeito de Jaguaquara negou UPA para atendimento da Covid-19, diz Rui Costa

O governador Rui Costa (PT) afirmou, no Papo Correria desta quarta-feira (26), que o prefeito de Jaguaquara, Giuliano Martinelli (PP), recusou a abertura de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no município, localizado no Vale do Jiquiriçá, para o atendimento de pessoas com Covid-19.

“Lá no início da pandemia, na primeira semana, eu disse que abriria todas as UPAs que estão fechadas, em todas as cidades, para atender Covid-19. Qual foi a primeira prefeitura que eu liguei para sugerir? A de Jaguaquara. Qual foi a resposta do prefeito na época? ‘Governador, muito obrigado, eu não quero abrir para Covid, porque aqui não tem nenhum caso. Agradeço sua atenção, mas não poderei atender’”, contou o governador

“Naquele momento, eu disse: prefeito, você está na beira da estrada. Mais cedo ou mais tarde, vai aparecer caso em Jaguaquara e vai precisar de atendimento. ‘Não, governador, muito obrigado, não quero não’. E nós contratamos outras UPAs, abrimos a de Ipiaú, contratei um hospital privado em Jequié, montamos a rede no entorno de Jaguaquara, porque o município naquele momento não quis. Depois, mudou de opinião. Nós conversamos com o consórcio da região, que já fez a licitação e está tudo encaminhado”, afirmou Rui.

O prefeito Giuliano Martinelli tem reclamado, nas redes sociais, da falta de apoio do governo do estado para que Jaguaquara abra uma UPA. Em vídeo publicado no Facebook, o gestor municipal disse que desistiu de esperar por uma ajuda do governador e atuou, junto ao deputado federal Cacá Leão (PP), para conseguir a inauguração da unidade.

“Não quero entrar em polêmica. Estou em um período de paz e amor. O que eu tenho muito é amor, cuidado, carinho e afeto para oferecer a todo mundo. Quem quiser, terá da minha parte. Conflito e debate não é comigo. Foi a primeira prefeitura que liguei e, na época, me deu a resposta que abria mão porque a expectativa era de que não teria o Covid-19”, finalizou Rui.

Fonte: BN