SAJ: “Tinha sido preso várias vezes”, diz Tenente Coronel sobre homem morto em confronto com a polícia

 

Um homem de prenome Ricardo morreu em confronto com a polícia, na tarde desta terça-feira (26), no bairro Andaiá, em Santo Antônio de Jesus. “Ele atirou contra os prepostos da Polícia Militar e o revide culminou nisso. Ele não atendeu ao rendimento e atirou”, relatou o Tenente Coronel Sá Pacheco, comandante do 14º Batalhão, em entrevista ao repórter Antônio Carlos.

Ricardo, que já tinha várias passagens pela polícia por assaltos em Santo Antônio de Jesus e cidades da região, chegou a ser levado para o HRSAJ, mas não resistiu. De acordo com o Tenente Coronel, no hospital, várias pessoas procuraram a polícia e afirmaram que já tinham sido assaltadas pelo homem.

O número de furtos reduziu em Santo Antônio de Jesus após prisão de um homem que confirmou as ações. Sobre o assunto, o tenente  falou que a polícia, assim como os comerciantes e população, estava incomodada com a situação.

Na oportunidade, O Tenente  ainda relatou que o 14º Batalhão já chegou a ter 23 policiais sob suspeita da Covid-19, mas, atualmente, apenas dois estão afastados com suspeita da doença. Segundo ele, todo o efetivo do 14º Batalhão foi testado.