Após terremotos, decretada situação de emergência em Amargosa e São Miguel das Matas

As prefeituras de Amargosa e São Miguel das Matas, cidades que ficam entre o recôncavo da Bahia e o Vale do Jiquiriçá, decretaram situação de emergência após os constantes registros de terremotos nos municípios desde o final de semana. Um deles teve magnitude de 4,6, o que é considerado alto. As informações são do G1.

Nesta quinta-feira (3), a Defesa Civil do Estado (Sudec), registrou dois tremores em Amargosa. Não há detalhes da magnitude e nem registro de danos.

Por causa do decreto, ficam autorizadas as seguintes medidas nas cidades:

  • Mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a direção da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, nas ações e medidas urgentes e necessárias para o atendimento das famílias afetadas até o retomo da normalidade, assim como de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução/desobstrução;
  • Convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre, sob a direção da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil;
  • Fica autorizado às autoridades administrativas e os agentes de defesa civil, diretamente responsáveis pelas ações de resposta aos desastres, em caso de risco iminente, a: entrar nas casas, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação; utilizar propriedades particulares, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano.
  • Todos os detalhes sobre os decretos estão disponíveis no Diário Oficial de Amargosa e São Miguel das Matas.