Motociclistas percorrem trilhas para levar mantimentos a isolados em Amargosa

Motociclistas percorrem trilhas para levar mantimentos a isolados em Amargosa

Uma força-tarefa formada por 12 motociclistas voluntários levou cestas básicas para 80 famílias isoladas pelas chuvas nos povoados de Barra da Inveja, Jacobina e Timbó, no município de Amargosa, no extremo sul da Bahia na tarde desta quarta-feira (29).

O grupo enfrentou cerca de 45 minutos de trilhas no deslocamento para cada região e bancou o custo do combustível com recursos próprios e ajuda dos moradores isolados. Os mantimentos foram doados pela prefeitura.

Ao todo, a cidade tem 300 famílias em dez comunidades com acesso comprometido pelas chuvas. As três que receberam os motociclistas são mais distantes da sede do município. As outras sete contaram com apoio de equipes que se deslocaram a pé: Correntina, Passagem do Lajedo, São Bento, Tauá, Tamanduá, Tabuleiro de Itachama e Três Lagoas.

“São dez comunidades isoladas, que estão com estradas alagadas, outras teve deslizamento de terra, em outras a estrada não tem condições de tráfego porque foi destruída. Ontem, entregamos a pé cestas básicas a comunidades mais próximas. Hoje, estamos contando com a ajuda dos motociclistas trilheiros para chegar a três comunidades e entregar 80 cestas básicas”, firmou a secretária de Assistência Social de Amargosa, Milena Aguiar Cunha de Almeida.

De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social, atualmente há 56 famílias desabrigadas ou desalojadas. O número era maior, porém a prefeitura liberou o aluguel social e os beneficiados estão em casas alugadas. Entretanto, o município enfrenta outro problema: não há imóveis desocupados para atender a demanda atual de desalojados (que estão em casas de parentes) e desabrigados (que estão em escolas) que podem receber o aluguel social.

Fonte: UOL