Sônia Lopes Dias, criadora da granola Tia Sônia, morre aos 82 anos

Sônia Lopes Dias, criadora da granola Tia Sônia, morre aos 82 anos

A empresa de alimentos saudáveis Tia Sônia comunicou em suas redes sociais nesta quinta-feira (21) a morte da empresária Sônia Lopes Dias, uma das fundadoras da marca.

Sônia tinha 82 anos e estava internada no Hospital Samur, em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. A causa da morte não foi divulgada.

Dona Sônia, como era conhecida, desenvolveu a receita da granola, que começou a ser vendida em 1996.

A iniciativa surgiu depois que ela fez seis quilos do produto para o filho mais novo, Marcos, levar para comer durante as trilhas numa viagem a Machu Picchu, no Peru.

Como exagerou na quantidade, Marcos dividiu a granola entre os amigos, que provaram e aprovaram a receita.

Os amigos perguntavam sobre a receita e estimularam Marcos a produzir a granola para vender.

Então ele decidiu com a mãe iniciar a produção na garagem de casa, em Vitória da Conquista.

Atualmente, a Tia Sônia possui uma linha com mais de 80 produtos e está presente na Bahia e em outros estados.

“Nós da família Tia Sônia, viemos informar que, Dona Sônia, nossa amada Tia Sônia nos deixou esta manhã para sua nova jornada, onde continuará iluminando e cuidando de nós, ao lado de Deus e Nossa Senhora. A Sua memória e trajetória serão sempre eternizadas em nossos corações!”, diz comunicado postado pela marca.

Dona Sônia, como era conhecida, deixa o marido, Otávio Dias, e quatro filhos, Rita, Beto, Júnior e Marquinhos, além de 13 netos e 11 bisnetos.

*Bahia.Ba