Morre o ex-goleiro Mundinho, aos 81 anos

Mundinho, ex-goleiro do Fluminense de Feira – Imagens: redes sociais

Morreu na manhã desta segunda-feira (30), aos 81 anos, o ex-goleiro do Fluminense de Feira de Santana, Raimundo Ferreira Ramos, conhecido como “Mundinho”. Ele é o pai do ex-zagueiro do Flamengo, Palmeiras e seleção, Júnior Baiano.

Segundo informações do site Acorda Cidade, parceiro do Blog do Valente, Mundinho estava internado no Hospital Clériston Andrade após uma queda que fraturou o fêmur. Conforme a publicação, familiares informaram que o ex-jogador sofreu uma parada cardíaca.

Mundinho começou a jogar no Fluminense de Feira quando tinha 15 anos e participou dos times campeões baianos de 1963 e 1969.

Também jogou no Fortaleza, Galícia e Comercial do Mato Grosso. Depois ele retornou ao Fluminense de Feira de Santana, seu time de coração, em 1978. Quatro anos depois, se aposentou no clube, justamente 20 anos após ter se profissionalizado.

O corpo de ex-goleiro está sendo velado em um centro de velórios do bairro Sim, na Avenida Centenário, em Feira de Santana, e vai ser enterrado na manhã de terça-feira (31), no cemitério Jardim Celestial.

Nas redes sociais, o filho de Mundinho, Júnior Baiano publicou uma nota de pesar.

“É triste perder alguém da família, ainda mais a pessoa que foi minha maior inspiração. Vai com Deus, meu pai. Vou te amar para sempre”, escreveu.

Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícias



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia