Marido estava em retiro quando soube da morte de bióloga no acidente entre lanchas em Boipeba


O advogado e músico João Yuji disse que estava em um retiro quando recebeu a notícia da morte da esposa, Laryssa Galantini. A goianiense foi uma das duas vítimas fatais do acidente entre lanchas em Boipeba. A informação é do site g1.

 

“Eu estava no retiro de absoluto silêncio durante 10 dias, recebi a notícia enquanto estava lá”, disse.

 

João Yuji contou que havia passado o Natal com Laryssa em São Paulo. Eles ficaram juntos por sete dias. Depois, ele seguiu para o retiro, enquanto ela viajou para a Bahia.

 

“Tivemos uma relação de muita confiança, fizemos muita coisa juntos durante oito anos. A gente travou muitas batalhas. Ela foi uma parceira de vida”, afirmou.

 

Laryssa estava na lancha Dattoli 12 que faziam a travessia entre as cidades de Valença e Boipeba, na última sexta-feira (29), e colidiu com a Bicudinha 3. Além dela, o advogado Mario André Machado Cabral, de 34 anos, também acabou morrendo no acidente.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia