Empresário que chorou pela reabertura de shoppings em Salvador integrou esquema de fraude bilionária

O empresário que foi filmado chorando nesta segunda-feira (13), durante apelo ao prefeito ACM Neto (DEM) para a reabertura das lojas em shoppings de Salvador, ficou conhecido por ter integrado um esquema que lesou cerca de 50 mil pessoas no Brasil. O prejuízo causado seria superior a R$ 1 bilhão.

Segundo o Bocão News, Adelmo Pinto da Silva Filho era sócio-administrador na Bahia da Avestruz Master, pirâmide financeira que atraiu milhares de investidores entre 2003 e 2005. O grupo prometia lucros altos em curto prazo com a criação de avestruzes.

Por causa do negócio fraudulento, ele responde a processos na Justiça. O Ministério Público Federal investiga o caso, que gerou a prisão de dois ex-diretores da empresa até o momento.

Nesta segunda, Adelmo apelou ao prefeito ACM Neto para a retomada das atividades nos shoppings, pois estaria sem condições de pagar seus funcionários. “Eu te peço, prefeito, por favor, pelos meus filhos. Eu não sei mais o que faço para pagar minhas contas e conseguir manter meus empregados. Por favor, prefeito, eu não sei mais o que eu faço”, pediu o empresário.

View this post on Instagram

E implora por reabertura de shoppings

A post shared by Leo Valente – Blog do Valente (@blogdovalentee) on

Fonte: Bocão News