SAJ: “deixou o menino praticamente morto no chão.” diz padrasto de jovem agredido após separar briga de casal

Foto: reprodução

O padrasto do jovem que foi agredido ao tentar separar uma briga de casal, na noite do último domingo (28), em Santo Antônio de Jesus, prestou informações sobre a situação de Ailton.

O familiar informou que infelizmente não tem como comprovar como se deram os fatos, pois a localidade onde tudo ocorreu não há presença de câmeras. Ele também relembrou que Ailton estavam de passagem no local e só parou para impedir a sucessões de agressões que estava sendo cometido contra uma mulher, mas acabou saindo prejudicado da situação. “Agrediram o menino de capacetada, de paralelepípedo, deixou o menino praticamente morto no chão.”

Segundo o padrasto, após o ocorrido, os agressores foram prestar queixa alegando que Ailton deu voz de assalto, com isso o jovem Iago, que estava com Ailton no momento dos fatos, foi preciso e Ailton se encontra internado em estado grave na UTI, mas nenhum familiar tem acesso devido o escoltando da polícia. “Não tem precisão de polícia nenhuma está lá, tomando conta de um cara que está entre a vida e a morte”.

O padrasto do jovem Ailton ainda salientou que algumas pessoas relataram a ele que um dos agressores já está acostumado a cometer delitos pelas ruas de Santo Antônio de Jesus e não ser devidamente punido. Ele solicita que os órgãos competentes apurem os fatos e  tomem as providências cabíveis, caso contrário “partiremos para as redes sociais e chamar a impressa”.