Programa Desenrola para MEIs e micro e pequenas empresas começa hoje

Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil

Os bancos vão disponibilizar uma opção de reorganização de dívidas bancárias de Microempreendedores Individuais (MEI) e micro e pequenas empresas, com receita bruta anual de até R$ 4,8 milhões, a partir desta segunda-feira (13). Vão ser renegociadas as dívidas pendentes até23 de janeiro de 2024.

Segundo o Agência Brasil, apenas os bancos cadastrados no programa vão oferecer condições para a renegociação das dívidas. Caso seu banco não esteja cadastrado, a opção é negociar a dívida diretamente com a instituição ou transferi-la para um banco que esteja cadastrado.

Para participar do programa, o microempreendedor ou pequeno empresário deve entrar em contato com a instituição financeira onde possui a dívida, através dos canais de atendimentos, agências, internet ou aplicativo.

“Não devem ser aceitas quaisquer ofertas de renegociação que ocorram fora das plataformas dos bancos. Caso desconfie de alguma proposta ou valor, entre em contato com o banco nos seus canais oficiais”, orienta a Febraban.

“Somente após a formalização de um contrato de renegociação é que o cidadão pode ter os valores debitados de sua conta, nas datas acordadas”, informou a instituição.

Ainda de acordo com o site, a versão do Desenrola para as micro e pequenas empresas é um dos quatro eixos do Programa Acredita, que pretende ampliar o acesso ao crédito e estimular a economia.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia