Com dois de Messi, Barcelona derrota o Arsenal em Londres

image


Vitória por 2 a 0 deixa a equipe catalã em vantagem no duelo pelas oitavas de final da Champignons

Lionel Messi e Neymar comemoram, na vitória do Barcelona sobre o Arsenal, por 2 a 0, no Emirates Stadium, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões da UEFA, nesta terça-feira (23)
Com passe de Neymar, Messi abriu o placar em Londres(Tony O’Brien/Reuters)
Lionel Messi confirmou a fama de carrasco do Arsenal e marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 do Barcelona sobre a equipe inglesa em Londres, em duelo válido pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. No total, são oito gols do argentino em cinco jogos contra o Arsenal – o camisa 10 já havia sido decisivo nos confrontos de mata-mata entre as equipes em 2010 e 2011. O resultado no Emirates Stadium deixa o time catalão com uma boa vantagem para o jogo de volta, que acontece em 16 de março, no Camp Nou.

O jogo – Mesmo jogando fora de casa, o Barcelona se impôs desde o começo em Londres, controlando a posse de bola e pressionando a defesa do Arsenal. O time catalão, porém, não parecia estar em uma tarde inspirada no primeiro tempo, e Suárez desperdiçou duas boas chances: na primeira, tentou um passe quando poderia ter finalizado para o gol, e depois, cabeceou por cima após cruzamento de Daniel Alves. A equipe inglesa, por sua vez, só se arriscava nos contra-ataques e teve uma grande oportunidade quando a bola sobrou limpa para Chamberlain, que se atrapalhou e chutou em cima do goleiro.

Na segunda etapa, a partida melhorou. Logo aos 3 minutos, Neymar recebeu de Iniesta dentro da área, mas foi barrado pelo goleiro Peter Cech. O Arsenal respondeu com Giroud, que, de cabeça, exigiu boa defesa de Ter Stegen. Jogando melhor, o Barcelona abriu o placar aos 26 minutos. Em uma linda trama de contra-ataque do trio MSN, Suárez lançou para Neymar em velocidade, o brasileiro carregou a bola até a grande área e tocou de lado para Messi, livre, cortar o goleiro e marcar. Foi o primeiro gol da carreira do argentino em Cech, que chegou em 2015 ao Arsenal.

O domínio do Barcelona continuava e a equipe chegou ao seu segundo gol na reta final da partida. Mertesacker errou na defesa, Flamini tentou consertar e acabou fazendo pênalti em Messi. O argentino cobrou no canto e ampliou a vantagem. Nos acréscimos ainda deu tempo para Cech defender uma cabeçada de Neymar na pequena área.