Ministério do Esporte pode suspender Brasileirão por causa das chuvas no Rio Grande do Sul

Foto: reprodução/Agencia Brasil

O Ministério do Esporte, através de um ofício enviado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na tarde desta sexta-feira (10), solicitou a paralisação do Campeonato Brasileiro de Futebol. A medida, segundo o ministro André Fufuca, se faz necessária diante da “tragédia” que assola o Rio Grande do Sul, com fortes chuvas que já deixaram 116 mortos e 1,9 milhão de pessoas afetadas em 437 cidades.

O ofício destaca os impactos das inundações na infraestrutura esportiva do estado, incluindo estádios, campos de treinamento e centros de concentração das equipes. Além disso, ressalta a comoção da comunidade futebolística com a situação, que se encontra “envolvida no apoio aos jogadores e familiares, bem como a toda a população daquela região”.

O ministro Fufuca enfatiza que a solicitação de paralisação do Brasileirão vai além da esfera esportiva, priorizando o bem-estar e a solidariedade com as vítimas da tragédia. “Diante da catástrofe que se segue, a solicitação se faz necessária muito além dos estádios de futebol”, afirma o ofício.

Segundo dados da Defesa Civil do estado, as chuvas torrenciais causaram estragos em todo o Rio Grande do Sul. Mais de 337 mil pessoas foram desalojadas e 70 mil ficaram desabrigadas, precisando buscar refúgio em abrigos públicos ou de instituições assistenciais.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia