Vitória enfrenta o Fortaleza fora de casa e precisa vencer

Jogadores do Vitória reunidos (Foto: Victor Ferreira / EC Vitória)

A pressão aumenta para o Vitória na Copa do Nordeste. O time precisa vencer os dois jogos restantes na fase de grupos, a começar pelo confronto contra o Fortaleza, neste sábado (23), no Castelão.

O duelo se tornou uma decisão para o Rubro-Negro, que busca superar a recente derrota no clássico e manter viva a esperança de classificação.

O histórico do Vitória sob o comando de Léo Condé em situações adversas é positivo. Em momentos de oscilação, a equipe já demonstrou capacidade de reação e mudança de estratégias para surpreender os adversários

Um exemplo recente foi a vitória sobre o Bahia, em um momento desafiador para o time. A conquista, com um desempenho convincente, elevou a confiança do grupo e contribuiu para a classificação no Campeonato Baiano e a competitividade na Copa do Nordeste.

Para superar o Fortaleza, o Vitória precisa superar um tabu de quase duas décadas sem vencer a equipe cearense. A última vitória baiana foi em 2007, por um avassalador 6 a 0 na Série B do Campeonato Brasileiro.

No geral, o confronto histórico é equilibrado, com leve vantagem para o Vitória: nove vitórias contra oito do Fortaleza, além de seis empates. Nos últimos quatro anos, porém, o Fortaleza dominou, com três triunfos e um empate.

O Vitória enfrenta o Colossal com diversos desfalques e o desgaste do clássico Ba-Vi, onde atuou com um jogador a menos após a expulsão de Mateus Gonçalves.

Dudu, Iury Castilho e Daniel Júnior estão no departamento médico e não viajaram. Com pouco tempo de preparação, o técnico Léo Condé deve fazer mudanças pontuais, priorizando ajustes táticos.

A tendência é que o esquema com três volantes seja mantido para conter o forte ataque do Fortaleza, que conta com jogadores rápidos e decisivos como Yago Pikachu, Moisés e Lucero.

O técnico rubro-negro terá reforços no banco de reservas. O meia Jean Mota, principal contratação da temporada, está relacionado para a partida e pode estrear contra seu ex-clube. O atacante Osvaldo, que também já atuou pelo Fortaleza, também estará à disposição. No lado adversário, o atacante Marinho é dúvida e deve começar no banco.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia