Ator Juliano Cazarré resolve se vacinar para não perder papel na novela Pantanal

                                                            (Imagem do filme Boi Neon)

Segundo publicado na coluna de Leo Dias, da Metrópoles, o ator teria dito na academia em que frequenta no Rio de Janeiro que não tinha intenção de se vacinar. “Não vou tomar a vacina. Não quero ser chipado”.

Mas nesta quarta-feira(28), Juliano postou uma série de stories afirmando que após uma longa conversa com um médico de sua confiança ele resolveu que tomará a vacina contra a Covid-19 na quinta-feira(29). O ator está escalado para viver Alcides na nova versão – papel originalmente de Angelo Antonio.

“Há alguns dias eu fiz uma consulta à produção de Pantanal sobre a situação da vacina, pois eu adquiri imunidade ano passado e já li textos falando que a vacina nesses casos pouco adianta e que uma nova carga viral pode ser prejudicial”, disse Cazarré. Segundo os especialistas mesmo quem já teve a covid-19 deve se vacinar.

Ele disse que já tinha decidido se imunizar caso essa fosse uma condição da TV Globo.

“Ao longo do final de semana conversei com um médico em quem confio, que me explicou mais sobre a vacina, tirou as dúvidas sobre o processo como são feitas e eu já tinha me decidido a tomar, assumindo os mesmos riscos que todos os vacinados. No posto me informaram que eu devo passar lá na quinta-feira (amanhã de tarde). É o que farei”, garantiu.

As gravações estavam previstas para começar neste mês, mas estão atrasadas. No início, as filmagens serão feitas no Rio de Janeiro e, depois, quando a pandemia já estiver mais controlada, em locações no Pantanal, como nas cidades de Aquidauana, Miranda e Corumbá, no Mato Grosso do Sul.

Questionada sobre o assunto, a Rede Globo emitiu a seguinte nota: “Nós não começamos a divulgar informações de Pantanal. É cedo, ainda temos uma novela das 21h [Um Lugar Ao Sol] para estrear antes”.

(Correio 24h)