Foi uma ‘prisão espetaculosa’ e Queiroz não estava foragido, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acusou autoridades de terem feito uma “prisão espetaculosa” de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). “Não havia nenhum mandado de prisão contra ele [Queiroz]. Foi feita uma prisão espetaculosa. Pareciam que estavam prendendo o maior bandido da face da terra”, reclamou Bolsonaro, durante transmissão de live realizada pelas redes sociais, na noite de hoje,

“Ele não estava foragido e não tinha mandado expedido contra ele. Se tivessem pedido ao advogado, creio eu, o comparecimento dele a qualquer local, ele teria comparecido.” Fabrício Queiroz foi preso, na manhã de hoje, em Atibaia (SP), em um imóvel de Frederick Wassef, advogado do presidente da República. Ele estava lá hospedado há um ano, segundo o delegado responsável pela ação, enquanto a família Bolsonaro afirmava não saber seu paradeiro. “Por que ele estava naquela região de São Paulo? Porque é perto do hospital onde ele faz tratamento de câncer. Da minha parte, está encerrada o caso Queiroz”, justificou Bolsonaro.

Fonte: Uol