Acusado de estupro, Robinho diz que único arrependimento foi ter traído esposa

 

 

Condenado em primeira instância na Itália por um caso de estubro em 2013, Robinho declara ser inocente. Entrevista ao UOL Esportes, o jogador, que teve seu contrato rescindido com o Santos após ameaças de patrocinadores, disse que seu único arrependimento foi ter sido infiel a sua esposa.

“Eu me arrependo de ter traído a minha esposa. Esse é meu arrependimento”, declarou o atacante. “O erro foi não ter sido fiel a minha esposa, não cometi nenhum erro de estuprar alguém, de abusar de alguma garota ou sair com ela sem o consentimento dela”, completou o atleta.

Na entrevista ele explica que, de fato, se envolveu com a garota vítima da situação que gerou o processo contra ele, mas que a relação não foi sem o consentimento dela. “Uma garota se aproximou de mim, a gente começou a ter contato com consentimento dela e meu também. Ficamos ali poucos minutos. A gente se tocou. Depois fui embora para casa”, contou.

“Meus amigos me contaram no outro dia que, com consentimento da garota, ficaram com ela, se relacionaram sexualmente porque ela quis. E que eles saíram daquela discoteca junto com a mesma garota e foram para outra discoteca. Foi o que eles me falaram”, comentou. “Os garotos, se fizeram algo com ela, eu não posso falar por eles. Eu sei o que eu fiz com ela e com consentimento dela”, completou.

Sobre os áudios divulgados pelo GE, que foram cedidos pela Justiça italiana, em que Robinho declara: “Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu”, o jogador alega que a conversa está sendo escutada fora de contexto e que gostaria de poder se explicar.

“Tem muitas coisas que estão fora de contexto e que eu gostaria de te dar uma entrevista de uma forma mais ampla e explicar exatamente o que aconteceu. Mas como isso está em segredo de justiça, eu não posso falar exatamente”, declarou.

O Santos já vinha tentando acertar com Robinho há alguns meses, mas, após o anúncio de acordo com o atacante na semana passada, o clube passou a ser atacado na internet e teve ameaça de quebra de contrato por parte dos patrocinadores.

Em vídeo publicado pelo atleta, ele diz que não pretende trazer problemas e prejuízos para o clube e, por isso, o acordo entre ele e o Santos foi suspenso.

Fonte: BN




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *