É possível criar eletricidade com restos de tomate

Foi apresentada uma pesquisa que permite transformar restos de tomate em energia elétrica que promete mudar a forma como se vêm restos de comida, favorecendo uma abordagem de reutilização e aproveitamento e poupando a atmosfera com a quantidade de gases emitidos.

Conta o Popular Science que o método envolve colocar tomates impróprios para consumo numa célula especial juntamente com uma bactéria capaz de os decompor. É nesta interação que são liberados elétrons que ficam depois armazenados nessa célula, passando assim a servir de bateria.

Com este método é possível transformar 10 miligramas de tomate em 0.3 watts, o suficiente para, em teoria, fornecer energia elétrica ao Disney World no estado da Florida nos EUA durante 90 dias com o volume anual de desperdício de tomate nesse mesmo estado, cerca de 396 mil toneladas. (Notícias ao Minuto)