Petrobras encomenda plataformas no exterior após atraso de prazos

imagem_noticia_5-1A Petrobras deve intensificar a encomenda de plataformas no exterior devido aos atrasos na construção de embarcações no Brasil. De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, das 11 plataformas contratadas para o período, sete terão a maior parte das obras feitas em outros países. “Eu lamento, mas a gente tem que cumprir a curva de produção”, afirmou o presidente da Petrobras, Pedro Parente, em apresentação do plano de negócios 2017-2021, para executivos do setor. Segundo ele, há um “histórico” de atrasos no país. O plano de negócios divulgado nesta semana prevê a entrada em operação de 18 plataformas entre 2017 e 2021. Parte significativa dos equipamentos também será feita no exterior, restando aos estaleiros brasileiros à etapa da produção que consiste na ligação dos diversos equipamentos entre si e à plataforma. “Além do corte de investimentos, a Petrobras vai fazer o que restou no exterior e só vai integrar aqui. Só vai ter encomenda de serviço”, diz o presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, José Velloso.

 

 

Fonte: Bahia Notícias