Guilherme de Pádua vira pastor em Minas 27 anos após matar atriz

Guilherme de Pádua vira pastor em Minas 27 anos após matar atriz

O ex-ator Guilherme de Pádua, condenado por assassinar Daniella Perez, filha da autora Gloria Perez, virou pastor de uma igreja evangélica em Belo Horizonte.

A própria esposa do religioso divulgou o momento em que ele foi sacramentado pastor, no último final de semana, em suas redes sociais. Guilherme se converteu à religião há cerca de 15 anos.

Guilherme de Pádua foi condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato de Daniella em 1992. A atriz foi morta com 18 tesouradas. A pena foi reduzida, no entanto, para 10 anos.

Bahia.ba