Vendedor que foi humilhado por cliente ganha R$108 mil em doações

José Rafael Marciano, de 32 anos, recebeu uma surpresa muito boa após uma situação muito ruim. O homem, que mora em Marília no interior de São Paulo, ficou desempregado e resolveu fazer salgados para vender e complementar sua renda. Ele tinha apenas R$ 60 que foram usados para comprar os ingredientes de sua primeira encomenda, que foi feita as 9h de um dia para ser entregue ao meio dia, apenas 3h depois.

Como José tem apenas uma mão, ele atrasou um pouco. Ao comunicar para a cliente que as comidas estavam prontas, o susto. “Como era a minha primeira encomenda, atrasei um pouquinho. Quando avisei que estava pronto, o cliente me falou barbaridades. Ele me chamou de vagabundo, me xingou e disse que eu não era profissional”, contou em entrevista ao Uol.

Muito chateado, ele fez um desabafo no Facebook, apenas para deixar seu coração mais leve. Ele e a esposa haviam decidido que distribuiriam os salgados para os moradores de rua da cidade, já que a cliente não queria mais. Quando os internautas viram o relato de José, compartilharam até chegar ao Padre Fábio de Melo, que divulgou ainda mais o homem. Após algumas horas, as pessoas já haviam arrecadado mais de R$ 100 mil para José e sua família.

Fonte: IstoÉ