Porta-bandeira branca afirma se “sentir negra” e causa indignação

Porta-bandeira branca afirma se “sentir negra” e causa indignação

A porta-bandeira do Salgueiro, Marcella Alves, surpreendeu o carnavalesco Milton Cunha ao afirmar que se ‘sente negra’ e por isso não vê problemas em interpretar Chica da Silva, durante entrevista no Estúdio Globeleza, no sábado (30).

“Na verdade, é que eu me sinto negra. A minha família, minha origem é negra. Muita gente fala ‘ah, a Marcella não é negra, não pode vir representando Chica’, mas tipo, eu não sou negra de pele, mas a minha raiz é negra”, afirmou Marcella.

“A gente quis dar ênfase ao Sidclei nessa coreografia, pela questão da representatividade que ele tem com o enredo. Por isso, ele vai à frente, a gente faz o punho cerrado e ao se despedir dos jurados, ele me chama, me reverencia e juntos a gente agradece e mostra o pavilhão salgueirense”, concluiu ela sobre o papel do mestre-sala Sidclei Santos.

A fala da porta bandeira deu o que falar nas redes sociais, provocando risadas e indignação entre os internautas. “Minha avó e eu começamos a rir ao vivo” disse uma mulher em reação ao vídeo. “Que agonia ver isso!”, “Eu dei um grito quando vi essa parte”, reagiram outros usuários das redes.