Após reajuste de preços do diesel e da gasolina, José Mauro Coelho pede demissão da presidência e do Conselho de Administração da Petrobras

Após o executivo, José Mauro Coelho começar a ser pressionado pelo governo, diante reajuste no preço de combustíveis, ele pede demissão e deixa a presidência e Conselho de Administração da Petrobras

petrobras

A Petrobras anunciou na manhã desta segunda-feira (20), que José Mauro Coelho pediu demissão nos cargos de presidência e Conselho de Administração da companhia.

A saída do executivo deu-se após a pressões por parte do governo, diante dos reajustes no preço dos combustíveis.

“A nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras a partir de agora”, disse a companhia em comunicado publicado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Mauro Coelho ficou no cargo um pouco mais de dois meses a comandar a estatal no governo Jair Bolsonaro.

 

Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícias