Venda de livros cresce no primeiro trimestre de 2022, diz pesquisa

Venda de livros no primeiro semestre aumenta 48,5%

A venda de livros no Brasil fechou o primeiro trimestre com desempenho superior ao registrado em 2021, de acordo com uma pesquisa inédita da Nielsen BookScan e do Snel. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

De acordo com o colunista, até 27 de março, foram vendidos 14,56 milhões de obras com uma receita de R$ 661 milhões. O crescimento foi de 15,6% em volume e de 16,5% em valor na comparação com o mesmo período do ano passado.

Nos primeiros três meses de 2021, foram comercializados 12,5 milhões de exemplares, com faturamento de R$ 567 milhões.