Dr. Fred assegura que a polícia está alerta, no sentido de coibir o uso e o porte ilegal de arma de fogo

download

Dr. Fred Barreto, delegado regional esteve em entrevista à Rádio Andaiá FM nesta segunda-feira (07), comentando sobre os compromissos que a polícia vem cumprindo quanto aos homicídios registrados na região. Ele disse que os procedimentos estão bem adiantados, inclusive com alguns autores presos, algumas investigações ainda estão em fase inicial, no entanto a atenção está bastante voltada a estes crimes. Ele reconhece que há ansiedade por parte dos familiares em identificar e prender os acusados, no entanto aponta que há dificuldades nesse processo, “não é fácil a gente obter provas testemunhal, nós temos que ter uma serie de diligências que são sempre orientadas e que muitas vezes demanda tempo, perícias, etc. Nós temos a intenção de aprimorar e melhorar a nossa positividade no que se diz respeito a elucidação dos crimes” disse.

Quanto ao porte de arma de fogo na cidade, Dr. Fred explica que no ano de 2015 a polícia alcançou um número significativo de apreensão de arma de fogo, o início de 2016 acontece da mesma forma, no entanto trata-se de um trabalho contínuo,  e fazendo as apreensões” disse. Acrescentando que a maior intenção é favorecer a segurança ao cidadão. Ele sobrepõe que para as pessoas portarem uma arma de fogo, (transitar com a mesma), esta precisa de um registro, o qual a torna legalizada, entretanto, se a pessoa tiver esse registro, mas não tiver autorização para transitar com a arma, e estiver circulando armada esta comete o crime do porte ilegal de arma de fogo. A autorização de porte é feita pela Polícia Federal, quem detém as autorizações e liberações do porte de arma de fogo, “quem tem uma arma que não está registrada, o melhor que tem é apresentar voluntariamente na delegacia de polícia para que isso seja esclarecido”, explicou.

Blog do Valente