PF mira empresa que fazia parte de cartel na 67ª fase da Lava Jato

                                         Arquivo/ Agência Brasil

 

Policiais federais cumprem hoje (23) mandados da 67ª fase da Operação Lava Jato, batizada de “Tango & Cash”.

De acordo com o G1, um dos alvos da PF é o Grupo Techint, que fazia parte do cartel de empreiteiras que venciam licitações de grandes obras da Petrobras.

A suspeita da polícia é de que o pagamento total de propina por parte da empresa foi de R$ 60 milhões, o que equivale a 2% no valor de cada contrato.

Ao todo, são cumpridas 23 ordens de busca e apreensão em três estados. Em Rio de Janeiro, são 14 mandados; em São Paulo, são 8 mandados; e no Paraná, um mandado. As ordens foram expedidas pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Foi determinado ainda um bloqueio de R$ 1,7 bilhão de ativos financeiros dos investigados nessa fase da Lava Jato.

*M1