Mulher é encontrada morta carbonizada dentro de uma fornalha: ‘por ciúmes’

Uma mulher de 40 anos, identificada como Lilian de Oliveira, foi encontrada morta carbonizada na fornalha de um laticínio, na zona rural de Santa Cruz de Goiás. Ela estava desaparecido desde o dia 13 de fevereiro.

De acordo com informações da Polícia Civil, ela foi assassinada a mando do amante, Juscelino Pinto da Fonseca, de 60 anos, por um amigo dele, Ronaldo Rodrigues. Os dois foram presos em maio, mas a polícia não tinha localizado o corpo da vítima, que estava em um fornalha de propriedade do próprio Juscelino.

Ainda segundo a polícia, o crime foi motivado por ciúmes, pois Lilian havia iniciado um novo relacionamento, e porque a vítima estava supostamente ameaçando contar sobre o relacionamento extraconjugal à esposa de Juscelino.

Fonte: iBahia