Jovem acusa padrasto de abuso sexual contra ela e irmã e é executada a tiros e facadas

Uma garota de 17 anos identificada como Edjane Pereira de Souza foi assassinada durante uma discussão ocorrida na casa onde vivia após revelar que ela e uma irmã foram abusadas sexualmente pelo padrasto. De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, o homem é o principal suspeito do crime.

Ainda conforme a Polícia, a vítima foi morta na madrugada desta segunda-feira (7) na zona rural do município de Cristópolis.

Em depoimento, a mãe da adolescente informou que soube doas abusos cometidos e que questionou as acusações ao companheiro que reagiu. Ainda conforme informações, o homem efetuou disparos de arma de fogo contra a vítima e deferiu golpes de faca, fugindo do local logo em seguida.

Um mandado de prisão preventiva foi expedido contra o acusado que segue foragido. De acordo com o Delegado Carlos Ferro, o homem já cumpriu pena pelo crime de estupro na cidade de Cotegipe.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *