SAJ: delegado diz que caso do jovem assassinado em Porto Seguro foi elucidado, “Como realmente aconteceu e não como a versão inicial apresentada”

                                Dr. Adilson Bezerra – Foto: Blog do Valente

O delegado Adilson Freitas fala do caso do jovem santoantoniense assassinado em Porto Seguro. Ao repórter Antônio Carlos, o delegado explicou que o caso já está na fase dos pedidos de prisão preventiva.

“O fato já foi efetivamente definido como realmente ocorreu e não como uma versão inicial foi apresentada que, brincadeiras à parte, parecia que saiu de um filme missão impossível. Ícaro foi brutalmente assinado. Lamento muito”, disse.

Os jovens David dos Santos e Ícaro Carvalho foram trabalhar em Caraíva no dia 09 de janeiro. Os dois desapareceram e foram dados como morto pelos familiares. Mas, no último dia 17, o adolescente David retornou para casa.

Segundo relatos do jovem, ele não sabia que estava sendo dado como morto e pensava encontrar o amigo quando chegasse em Santo Antônio de Jesus. Ele disse que chegou a ser amarrado lá em Porto Seguro. “Me amarraram, amarraram ele. Apontou[ a arma] e negou no meu pé, não sei se estava sem bala. Quando vi apontando em meu pé, torei a corda na maior força e meti a perna”, detalhou. Confira aqui a entrevista.

Conforme o delegado, pela dinâmica do crime, com base nas investigações, o menor não está envolvido na morte de Ícaro.