PM que investigava milícias no RJ é morta na porta de casa

A policial militar Vaneza Lobão, de 31 anos, foi tragicamente assassinada na noite desta sexta-feira (24), na porta de sua residência, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Vaneza desempenhava suas funções em uma unidade subordinada à Corregedoria-Geral da Polícia Militar, especificamente no setor de inteligência, onde era responsável por investigações relacionadas a milicianos e contraventores.

A morte da policial ocorreu em circunstâncias chocantes, sendo atingida por disparos de fuzil efetuados por criminosos encapuzados que estavam a bordo de um veículo preto.

Informações preliminares indicam que os assassinos estavam à espreita da policial no momento em que ela abria a garagem para entrar em seu veículo. Os indivíduos atiraram contra a policial e rapidamente empreenderam fuga.

No início da tarde deste sábado, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, expressou seus sentimentos pelo falecimento da policial e anunciou que a Polícia Federal prestará auxílio nas investigações desse trágico caso.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia