Reconhecimento Facial na Bahia atinge marca de 1.600 foragidos capturados desde a implantação

Mais da metade dos detidos procurados por tráfico, homicídio, roubo e estupro

Foto: Ascom/ SSP

Desde sua implementação, em fevereiro de 2024, o Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública já localizou 1.600 foragidos da Justiça. Nesta segunda-feira (27),a polícia realizou mais duas detenções com o auxílio da ferramenta.

O secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, destacou que “mais de 60% dos detidos com a ajuda da ferramenta estavam sendo procurados por tráfico, homicídio, roubo e estupro”.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), de janeiro a maio deste ano, a tecnologia resultou na captura de diversos criminosos em diversas localidades baianas.

Nesta segunda (27), a polícia realizou mais duas detenções com o auxílio da ferramenta. Um procurado por prática de roubo e outro por sequestro com a ajuda da ferramenta que os localizou. As câmeras os localizaram em Salvador e em Camaçari.

O Centro Integrado de Comunicações (Cicom) acionou as equipes do 12⁰ Batalhão de Polícia Militar e da 2ª CIPM que realizaram as prisões em flagrante.

A polícia encaminhou os criminosos para a a Polinter, onde os mandados foram cumpridos.

 



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia