“Não é Everaldo que vai fazer o São João, quem vai fazer é a prefeitura” diz novo Secretário de Cultura

 

 

Dr Everlado
image
image
Inspirações
image
image
Público prestigiou a solenidade

Na manhã desta terça-feira (23), Dr. Everaldo Ferreira Júnior foi empossado Secretário de Cultura do Município de Santo Antônio de Jesus, ele cedeu entrevista à Rádio Andaiá FM e disse que agradece ao prefeito à lhe confiar tal função. O trabalho que é realizado na iniciativa privada será também realizado na iniciativa pública, “a gente tá feliz porque e muito tranquilo, porque enfrentaremos e teremos apoio de Humberto Leite, dos vereadores que fazem parte da base e tem o apoio também de todo secretariado” disse.
O novo secretário assegura que assumiu a função para contribuir com o município, “eu não uso nem relógio, eu não tenho hora, a gente trabalha com o objetivo de concluir, então se a gente começa uma atividade, a gente vai concluir a atividade” pontuou. Quanto à sua transição com a secretária Zeliane, Dr. Everaldo disse que foi muito tranquila, a considera uma pessoa de valor que contribuiu, organizou e planejou a secretaria, e agora é tempo de executar, “alguns acham que é a fase mais fácil, outros acham que é fase a mais difícil, mas isso faz parte do desafio d’ agente, o importante é gozar da confiança do prefeito e poder contribuir com a cidade” frisou.
Ele acrescentou que abriu mão de uma possível candidatura por confiar no trabalho desenvolvido por Humberto, embora não foi dado publicidade ao mesmo. Quando questionado qual a atração presente no São João da cidade, Dr. Everaldo disse que a principal atração é o trabalho, “é planejamento, é organização, nós iremos discutir com pessoas que estão envolvidas com o processo, não é Everaldo que vai fazer o São João, quem vai fazer é a prefeitura municipal de Santo Antônio de Jesus, porque você mobiliza todas as secretarias” afirmou, pontuando que é preciso formar uma unidade de secretarias do município que recebem as ordens de trabalho do prefeito, “não é deputado, não é secretário não é vereador”, concluiu.