Após mais de 20 anos, Bolívia tem primeira eleição presidencial sem Evo Morales

Acontece neste domingo (18) a eleição nacional na Bolívia, a primeira, desde 1997, sem a participação do ex-presidente Evo Morales. Os eleitores vão escolher quem substituirá Jeanine Añez, a presidente interina.

Jeanine assumiu o cargo em novembro de 2019, após a anulação da votação daquele ano e os conflitos que levaram Evo Morales a renunciar.

Os principais candidatos são Carlos Mesa, que ficou em segundo na última eleição, e Luis Arce, um aliado de Evo Morales. Se nenhum dos candidatos tiver, pelo menos, 40% dos votos válidos e mais de dez pontos percentuais a mais que o segundo colocado, haverá um segundo turno no dia 29 de novembro.

Metro1